fevereiro 28, 2019

Bioeconomia como paradigma da sustentabilidade

by nrghub in Especialista, NRGHUB

Cada vez mais temos que buscar processos que sejam energeticamente eficientes, gerem pouco impacto com emissão de carbono, cujos resíduos sejam descartados apropriadamente etc. O modelo mental dos empresários está se acostumando a essas discussões e, principalmente, o ambiente regulatório está tornando improvável a sobrevivência de negócios que não respeitem esses e outros requisitos da chamada Bioeconomia.

A Bioeconomia é uma forma de designar um entendimento crescente que a atividade econômica tem uma forte dependência de processos biológicos. Não é difícil associar o crescimento da produção e da produtividade a uma compreensão correta dos ciclos da água, ao respeito aos tempos de cultivo de cada variedade de planta. Ver a necessidade da exploração racional dos recursos da pesca e da caça, ou da utiliza utilização correta da engenharia genérica para organismos geneticamente modificados. Tudo isso está contido no conceito de Bioeconomia.

Existe uma relação intrínseca forte entre o movimento de utilização de tecnologias de geração de energia renovável com a propagação do conceito de Bioeconomia. É preciso o mesmo conjunto de valores para empreender nos dois conceitos. Isso significa que para que exista uma economia plenamente sustentável, um dos pilares é uma matriz energética igualmente sustentável.

A natureza evoluiu ao longo de milhões de anos para utilizar fontes como o sol, termal, eólica etc. para produzir todo tipo de movimento e trabalho que vemos na miríade de formas vivas e fenômenos naturais. Certamente com a elevada capacidade criativa da humanidade saberemos desenvolver nossa tecnologia para gera também processos econômicos que sejam adequados a esse conceito de Bioeconomia.

Os empreendedores que concluírem mais rapidamente que esse novo paradigma já está instalado serão aqueles que vencerão a corrida da competitividade. Mas mais importante do que isso, a adoção desse novo paradigma é condição fundamental para a sustentabilidade e sobrevivência de toda a espécie humana.

 

Rodrigo G.M. Silvestre ¹

 

¹ Rodrigo Gomes Marques Silvestre. Mestre em Desenvolvimento Econômico, Sócio-Diretor da Daemon Planejamento e Controle Empresarial. Especialista em tecnologias de planejamento e controle empresarial como suporte para a tomada de decisão nos empreendimentos.